CAT     ES     EUS     POR     GAL

QUEM SOMOS

A Rede de Cidades que Caminham é uma associação internacional sem fins lucrativos, aberta a câmaras municipais e outras administrações públicas empenhadas na caminhabilidade. O nosso principal objectivo é que os peões sejam os protagonistas máximos da mobilidade urbana e do espaço público.

A integração na Rede implica o compromisso de melhorar o espaço público como lugar para caminhar, de estadia e convívio, implementando projectos que promovam a possibilidade de caminhar e, consequentemente, a mobilidade sustentável, a acessibilidade universal, a segurança rodoviária, a qualidade do ambiente urbano e a autonomia das crianças.

O QUE FAZEMOS

A Rede desempenha um grande número de funções de apoio aos municípios associados, que dividimos em quatro áreas principais: Aprendizagem em Rede, Porta-voz, Projectos Colectivos e Campanhas.

Desde a divulgação dos nossos princípios como entidade, aquilo a que podemos chamar a cultura do caminhar, até à pressão a favor de as cidades se tornarem espaços públicos com prioridade pedonal em qualquer um dos seus bairros ou centros, qualquer que seja a sua dimensão. Tornar visíveis os êxitos e os progressos alcançados pelas cidades em termos de mobilidade pedonal e incentivar, em geral, a mudança de perspectiva de que necessitamos para melhorar a qualidade de vida urbana.

Na nossa secção ACÇÃO pode consultar o tipo de iniciativas que levamos a cabo.

OBJETIVOS

Apoiar, assistir e aconselhar as cidades parceiras na sua tarefa de aplicação e divulgação dos princípios da Rede

Contribuir para a difusão didáctica das suas acções, criando um "altifalante" a nível estatal e mesmo internacional

Estabelecer sinergias e trocar ferramentas de trabalho com outros grupos e entidades com princípios e objectivos semelhantes

Incentivar a aprendizagem e o trabalho de colaboração entre as cidades da Rede, para conceber e implementar acções relacionadas com os seus princípios

Informar sobre eventos, convites e notícias de interesse relacionadas com a governação sustentável, a mobilidade e o urbanismo

Ter acesso aos processos de participação dos cidadãos em que são tomadas decisões sobre regulamentos a nível autárquico e administração central

Share This